Sonho esquisito do dia

Hoje acordei tarde, depois de um sonho bem esquisito (e que sonho não é?)

De fato, acho que eram dois sonhos, mas a minha mente deturpada deve ter juntado os dois e feito um sonho tão sem sentido quanto o novo filme do Jabor.

Na primeira parte do sonho, eu era uma espécie de agente ou investigador. Estávamos investigando uma espécie de batráquio (ou seja, um sapo) que às vezes aparecia, de fitinha rosa. Sabe aquelas fitinhas que madame põe em volta do pescoço do cachorrinho? Essa mesma, mas em volta de um sapo.

O que, no decorrer do sonho, se provou errado, pois não era um sapo, mas uma sapa. E, mais errado ainda, não era uma sapa, era uma linda loirinha de cabelos curtos e olhos verdes, que há algum tempo atrás havia sofrido uma espécie de maldição proveniente de uma estátua de um sapo (sapo boi). Mas, felizmente, neutralizamos a maldição, a mocinha se tornou mocinha novamente, e a estátua não lembro que fim levou.

Se você assiste Warehouse 13, com todos os artefatos maneiros, deve saber como foi o sonho. Muita influência desse seriado, já que ando assistindo ele.

Agora, a segunda parte do sonho. Depois de todo o drama batráquio resolvido, eu e meu parceiro de investigação (estilo FBI, sabe, onde todo mundo anda com um parceiro) estávamos interrogando a mocinha, que era absolutamente linda. Depois de acordado, eu acho que ela era uma mistura de várias mocinhas lindas que já vi (alguém disse que nos sonhos, nada se cria e tudo o que a gente vê, a gente já viu acordado, mesmo sem lembrar).

Voltando à mocinha, era realmente linda. E lembro de até ter tentado começar a paquerá-la, mas estava indo com calma, afinal, ela tinha passado algum tempo vivendo como anfíbio e uma coisa dessas pode traumatizar uma pessoa. :)

Mas eis que meu parceiro dá uma de cara de pau e eu vejo ele começando a se aproximar dela, tocar nela e tal, e vejo que o safado já ganhou a menina. E eles se beijam. E eu lá, segurando uma revista nas mãos (não sei porque a revista estava lá, mas era uma Superinteressante), até que na primeira retomada de fôlego deles, aproveito pra dizer que não me sentia bem segurando vela e me mando dali.

Lembro que o cenário era uma biblioteca... Não lembro o porquê.

E logo o sonho acabou. Assim... Forever alone. XD

12 Response to "Sonho esquisito do dia"

  1. Lua Nova says:

    Tal e qual um sonho... sem pé nem cabeça... rsrrsrsrrs... Mas dizem que o importante é como vc interpreta e conta o sonho. Vc vê algum sentido na sua interpretação do sonho?
    Pense bem...
    rsrsrrsrsrrs
    Beijokas.

    putz, q sonho doido...
    mas bom mesmo é Warehouse 13.
    ei, a biblioteca não lembrava aqueles corredores longos e cheios de coisas?

    Andarilho says:

    @Lua já desisti de interpretar meus sonhos.

    @Sentimental a biblioteca do meu sonho era bem mais arejada, era aquela parte da biblioteca onde tem um monte de mesas comunitárias pro pessoal ficar estudando.

    ah tá, pensei logo naqueles corredores imensos, cheios de livros até o teto...

    Não sei porque, mas pensei em Rubem Fonseca...

    Ainda assim, todos os sonhos são malucos, não precisam fazer sentido!

    oii cheguei por aqui pelo blog da Afrodite...chegando e ficando!!
    bjss

    acho que vc precisa de análise!




    hahahaha
    bjs meus

    Ouvi dizer que com um blog vc economiza com analista.

    No seu caso é mesmo

    http://delitosperdidos.blogspot.com/

    Muito bom seu blog, ta de parabéns !!!

    aldrey says:

    Ui que sonho terrivel..hahahaha
    Feliz natal..ah esqueci vc não comemora Natal!!é judeu?
    bjs

    Andarilho says:

    Ateu.

    Hummmmmmmmmmmmmmm q sonho foi esse?????????//
    Saudades
    Bjks em seu heart, Vanessa Ramos
    maquiagemehtudo.blogspot.com

Postar um comentário

Powered by Blogger